Pular para o conteúdo principal

XIX MARATONA DE SÃO PAULO

Às 06:30 hs já estou de frente a tenda da equipe cumprimentando os guerreiros professores Nilton e Emerson, pouco a pouco a grande Família Branca Esportes vai se formando. O clima da equipe está bem descontraído, apesar do desafio do dia. Sim, todo maratonista sabe, Maratona de São Paulo é osso duro de roer, mas nós não queremos moleza, trás o osso bem duro garçom !!! E o Garçom trouxe, pois às 07:30 hs o frio começa a dar lugar ao aquecimento vindo do Sol, nos alongamentos, cumprimentos gerais e vamos para a largada, e às 08:06 hs largamos para a saga de 42.2 KM da Maratona de Sampa. Para quem tem acompanhado meus posts, em 2011 nesta mesma maratona eu quebrei, travei a 6 KM do final, foi horrível, e agora eu retorno , não para a forra, mas para romper esta barreira, neste faço uma nova história, e me lancei passada após passada em ritmo fora do habitual, não iniciei leve, não fui conservador, parti para cima rodando em torno de 05:40 e 05:50 por KM. A temperatura foi aumentando gradativamente, mas mantive-me firme e focado, fecho a metade da prova em 02:06 hs com uma ótima sensação física e emocional, no 27 KM, reabasteço minha garrafa na tenda da equipe e engulo mais um sachê de gel com uma batatinha, e sigo firme em frente. E, sem medo de ser feliz aperto o ritmo, mas ... sempre tem um mas, no 36 KM sinto uma pequena fisgada no adutor direito, é dado o sinal de alerta, diminuo o ritmo, e mais 500 metros sinto fisgar o adutor esquerdo, será que serei recolhi pelo cata treco novamente ??? Não, eu penso, vamos para o plano B, caminhe por uns 500 M, respire fundo com tranquilidade e volte a trotar lentamente. e assim executei, o equilíbrio energético e emocional se estabilizou, e assim procedia a cada 2 km. No 39 KM, Amélia e Diego passam por mim, mas sigo na minha pegada mantendo uma curta distância, após 2 Km eu encosto e os ultrapasso, e nos 42.2 KM com um imenso sorriso são três cruzamos a linha de chegada lado-a-lado de mãos dadas, foi emocionante e sensacional. Momento que é entra na história para a eternidade da leveza da felicidade. Roemos o osso felizes por 04:33 hs líquidos. A Meta esta cumprida com sucesso e a alegria é geral, por sinal todos da equipe foram muito bem, uns com mais careta outros com menos, mas todos ao que me consta concluíram, e concluir conta muito numa maratona. Isto feito, agora vamos restabelecer as fibras musculares e foco para o próximo desafio, Bertioga Maresias Solo - 2ª Etapa. A Saga continua, Vamos em Frente ...






















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A META

2011 ANO ULTRA POSITIVO

À 2011 só tenho agradecimentos, muitas provas, muito treino, realizei várias ULTRAS em provas oficiais e treinos então nem falo para vocês, foi muito positivo e colho diariamente os benefícios da disciplina e perseverança nos treinos, alimentação, dar suporte aos treinos e estudo de meu filho e atividade profissional, vejam o que rolou em 2011, se não esqueci de alguma:

Super Maratona do Rio Grande - 50 KM
Meia Maratona Corpore - 21.1 KM
Maratona de São Paulo - 42 KM
Corrida Libbs Corpore - 15 KM
Corpore Bombeiros - 10 KM
Cross Running Serra da Cantareira - 62 KM
Green Race - 50 KM
Golden Asics - 21.1 KM
Maratona Bertioga Maresias - 75 KM
24 Horas de Campinas em Revezamento Quarteto - 57 KM
São Silvestre - 15 KM

Estou meio empilhado pensando quais ULtras e Maratonas estabelecer como Metas alvo, logo tem novidades por ai gente !!! 2012 a Chapa vai Tostar, Vocês verão ... E Vamos em Frente ...

I AM AN IRONMAN

A batalha foi dura, a Meta IronMan Floripa 2017 executada com honra e louvor ...